Pré-conferência da Saúde reúne bom público no centro

  • PDF

CASTILHO – Foi surpreendente a primeira pré-conferência da Saúde realizada na última segunda-feira,10 no CIS (Centro Integrado de Saúde). De acordo com Beatriz Correia da Silva Moreira, facilitadora dessa pré-conferência, quatro anos atrás não houve participação popular.

“Este ano tivemos em torno de 65 participantes. Então foi muito bacana para todos nós ver o interesse das pessoas da comunidade”, comentou. Esta atividade foi restrita aos moradores do centro, novo Alvorada, Olga Benário e parte do Leão 1. Outras duas pré-conferências vão ocorrer no dia 13 para ouvir moradores do bairro Laranjeiras e dos usuários da UBS do Alípio. Nos dias 21 e 22 de julho haverá a Conferência Municipal reunindo todas propostas apresentadas nas pré.

Rafaela Juviliano da Silva coordenadora da pré-conferência do CIS fez abertura e em seguida passou a palavra para Marcia de Souza que agradeceu a presença de todos. A secretária municipal de Saúde, Janini Nascimento, fez um breve explanação do que seria a pré-conferência e em seguida a facilitadora deu continuidade.

Foi exibido um vídeo de 5 minutos denominado “Ubuntu – gente precisa de gente pra ser gente”, como reflexão. A mesa das autoridades foi composta pelo professor Luiz Gonzaga (Conselho de Saúde), Padre Paulinho (católicos), pastor Alberto (evangélicos), Tenente André Caldeira (Polícia Militar), João Mack (Rotary Clube), Neide Ortunho (Conselho Tutelar), Valdecir Bigode/Deva (hospital José Fortuna), bem como pelos vereadores Itamar, Ailton, Daniel e Flávio.

A discussão girou em torno de quatro eixos: Garantia de acesso e atenção de qualidade (direitos e deveres), 2- Controle social e educação em saúde, 3- Comunicação e Informação no SUS, e 4- Gestão: Revisão do Plano Municipal de Saúde de Castilho. Dentro de cada eixo os participantes expuseram sugestões de melhorias para os próximos quatro anos.

Ao término foram apresentadas as agentes comunitárias de Saúde desses setores. Bem como eleitos os delegados que vão levar as propostas levantadas para a conferência macro. Ana Paula Nascimento Costa e Miryan Nascimento Cruz vão representar as agentes de Saúde e como representantes da comunidade foram eleitas as delegadas Guilhermina Monteiro dos Santos e Ana Paula Figueiredo Santos.